É com grande tristeza que nos despedimos do Jorge Correia, um dos nossos amigos mais queridos e bondosos.

Apesar de não se encontrar fisicamente entre nós, o seu coração ilimitado pode ser encontrado na vida de todas as pessoas que ajudou, nas vidas dos milhares de animais que libertou e em todo o inestimável contributo para o desenvolvimento das diversas obras inspiradas por Kangyur Rinpoche.
O Jorge contribuiu incansavelmente na preparação dos ensinamentos – ajudando a preparar cada sala de conferências ou de ensinamentos, cada trono, cada mesa, cada moldura dos mestres, cada decoração – trabalhando frequentemente até muito tarde.

Durante anos foi responsável pelo projecto áudio-vídeo para que todos pudessem beneficiar dos ensinamentos.

No entanto, foi com o desejo de ajudar os mais necessitados que o Jorge deixou a sua principal marca.

Graças à sua disciplina, diligência e devoção, o Jorge sempre executou sem hesitar as tarefas e os objectivos pedidos por Tulku Rinpoche. Foi graças a essas qualidades que, durante a sua presidência, o C.A.S.A. conheceu um período de grande crescimento. A sua tenacidade fez surgir novas instalações, uma cozinha nova que permitiu distribuir diariamente alimentos quentes na cidade de Lisboa e novas parcerias com outras instituições e entidades. A sua dedicação e compaixão sem limites fizeram com que o C.A.S.A. se tornasse numa instituição de referência em todo o país.

O Jorge personificava o espírito do C.A.S.A. - sempre disponível tanto no trabalho de rua, que nunca deixou de fazer, como no trabalho de Presidente que exercia e onde aplicava os ensinamentos que recebia, mesmo quando todos os outros não percebiam o porquê do caminho seguido.

Ele não esperava para fazer, fazia-o ele, e foi graças a essa atitude que muitas coisas se tornaram realidade e cresceram.

O Jorge era um homem de poucas palavras, mas as palavras que proferia eram assertivas e precisas. Era um homem da acção, e umas das suas forças era a capacidade de fazer e de aplicar o que aprendia. Por exemplo, foram inúmeras as vezes que fazia algo por alguém em particular, sem disso se gabar e sem disso fazer notícia… simplesmente fazia e ajudava essa pessoa, sem ninguém saber que o tinha feito. Esta total abertura para com os outros trouxe felicidade à vida de muitas pessoas.

O Jorge não só deu um enorme contributo à forma como o C.A.S.A. conseguiu materializar a inspiração de Kangyur Rinpoche e consequentemente dos nossos mestres, como ao forte desenvolvimento que tem experimentado nestes últimos anos.

Por nos ensinares como tornar uma vida humana em algo de tão precioso, querido Jorge, o nosso mais terno e profundo obrigado!

Novidades
1ª Visita a Portugal de Sua Santidade Ratna Vajra Rinpoche, o 42º Sakya Trizin
5 a 7 de Junho de 2017


A Fundação Kangyur Rinpoche tem o prazer de anunciar a primeira visita a Portugal de Sua Santidade Ratna Vajra Rinpoche, o 42º Sakya Trizin, um dos mais proeminentes mestres Budistas da linhagem Sakya.

O evento irá decorrer de 5 a 7 de Junho, no Vip Executive Villa Rica Hotel em Lisboa, com o seguinte programa:

  • Dia 5 de Junho: Conferência Pública
    "Os Benefícios de Treinar a Mente"
    Horário: 19h00
    Entrada livre (donativos gentilmente aceites).
  • Dia 6 de Junho: Ensinamentos
    "Origem Interdependente, a Essência do Budismo"
    Horários: 9h30 às 11h30 e 15h30 às 17h30
  • Dia 7 de Junho: Ensinamentos
    "Origem Interdependente, a Essência do Budismo"
    Horário: 9h30 às 11h30
    "Iniciação de Tara"
    Horário: 15h30 às 17h30
  • As actividades dos dias 6 e 7 têm uma contribuição diária (para custos de organização) de 40 euros, ou de 70 euros por um passe de 2 dias. As reservas para os passes de 2 dias estão disponíveis online através do formulário ou poderão ser adquiridos directamente no secretariado da Fundação Kangyur Rinpoche em Lisboa. O bilhete diário é adquirido apenas à entrada do evento.

    Os ensinamentos serão proferidos em Inglês, e haverá tradução para Português. Está a ser ponderada a hipótese de tradução simultânea para Francês e Espanhol.

    Este evento é organizado em colaboração com a União Budista Portuguesa e a Songtsen - Casa da Cultura do Tibete.

    Consulte a biografia de Sua Santidade.

    Para mais informações, por favor contacte a Fundação Kangyur Rinpoche.
    Próxima Sessão do Grupo de Retiro de Meditação Shamatha (Maio 2017)

    O próximo Retiro de Meditação Shamatha terá a duração de 5 dias e decorrerá do dia 20 de Maio de 2017 (Sábado) às 9h30, ao dia 24 de Maio (Quarta-feira) às 17h00, no Hotel do Sado, em Setúbal.

    Este Retiro será aberto a todos os que quiserem integrar o Grupo do Retiro de Meditação Shamatha.

    Haverá 3 opções de participação:
    • 1 dia (Sábado, 20 de Maio).
    • 2 dias (Sábado e Domingo, 20 e 21 de Maio - a participação no 2º dia implica ter estado presente no primeiro).
    • Os 5 dias, de Sábado a Quarta-feira, 20 a 24 de Maio.
    Para mais informações, por favor contacte a Fundação Kangyur Rinpoche.
    Entevista com Tulku Pema Wangyal Rinpoche - Junho 2016

    É com grande prazer que divulgamos a entrevista concedida por Tulku Pema Wangyal Rinpoche ao programa "A Fé dos Homens", no decorrer da 1ª Visita a Portugal de S.S. Sakya Trizin.

    A entrevista encontra-se disponível através do link:

    http://www.rtp.pt/play/p50/e254169/a-fe-dos-homens

    Actividades Regulares
    A FKR organiza regularmente conferências, ensinamentos e retiros, com Jigme Khyentse Rinpoche, Pema Wangyal Rinpoche, Rangdröl Rinpoche além de outros mestres. Organiza ainda as seguintes actividades:
    • Prática de Meditação
      Segundas-feiras
      Reservado aos praticantes inscritos nos Grupos de Retiros Paralelos
      19h30 - 20h30: Sessão de Prática (Sadhana de Buda Shakyamuni)
      20h30 - 21h30: Grupo de Estudo
      Quintas-feiras
      Aberto a todos os que quiserem participar
      19h30 - 21h00: Prática conjunta de meditação Shamatha
    • Oferta de Tsok
    • Oferta de Comida aos Sem Abrigo e famílias desprotegidas
    • Libertação de Animais
    Para participação nestas actividades, por favor realizem a vossa inscrição junto do secretariado.
    Amigos
    As contribuições regulares são a melhor ajuda para o trabalho da Fundação Kangyur Rinpoche.

    Como ajudar a FKR a prosseguir os seus objectivos?

    • Através de donativos
    • Como amigo FKR
    • Como voluntário
     
    © Fundação Kangyur Rinpoche 2015